Li algumas coisas a respeito e na época das mostras de SP e RJ, era um dos filmes mais indicados. Mas, apesar do tema interessante (história da filha do Tiradentes e demais mulheres dos Inconfidentes), o filme é péssimo. Do tipo que queima o filme do cinema nacional, do tipo que não merece estar em cartaz, mesmo que seja uma sala só como atualmente.

Atuações automáticas, forçadas, coisa feia e incômoda de se ver, erros de português em uma época em que se prezava muito pela língua (em um diálogo uma freira fala "mais principal de todos"), aparição minúscula de ator famoso só pra falar que estava no filme, diálogos fraquíssimos, o mesmo vestido em três mulheres, trilha sonora repetitiva etc. colaboram para uma experiência traumática.

Um dos destaques do filme seria a caracterização, o resgate, então eu esperava ver a reconstrução de ambientes passados, mas nesse filme tudo o que se vê são pessoas fantasiadas nas ruas da Ouro Preto atual, nem um tratamento digital para simular as fachadas ainda intactas teve, nem o cuidado de esconder calhas!

Não vá.

Categories:

5 Responses so far.

  1. Zecao says:

    Mi, vc esqueceu de dizer que é dirigido, escrito e roteirizado por uma mulher, a Elza Cataldo. O meu cérebro lembra que desde a época da revista Palavra, faziam um marketing danado deste filme, e eu tive a sensação que a produção estava arrastada (Não é fácil fazer um filme!). tm Mas eu gostei.

  2. vinicius says:

    a elza tá por fora...

    filmezin bem do maomeno.

  3. Hel says:

    Tá bem, pódeixá!
    Não irei!
    =)

  4. Anônimo says:

    acho que foi muito deselegante da parte de alguem ai pra cima, discriminar o cinema mineiro com nossa autentica historia, principalmente quando falam que o filme é pessimo pois é direcao de uma mulher, isso só prova que tal comentario nao merece credito e nem atencao.Vale dizer ainda que as mulheres sao e serao ainda um referencial no cinema nacional, comecando por Minas Gerais. O filme é muito bom e muito util para quem quer compreender o outro lado da inconfidencia mineira, ou seja, o movimento visto e sofrido pelas mulheres.

  5. Será que poderiam escrever os comentários em PORTUGUES?, que por sinal é nossa lingua oficial?.
    Até quando eu não sei.
    Oh.!! meu Deus

    Por aqui

    Por aqui
    Desde 2003

    Últimos 30 dias